Bicicletas públicas partilhadas de Lisboa no Bea.to em novembro



A exploração do sistema de bicicletas públicas partilhadas "Gira”, gerido pela EMEL, arrancou no dia 19 de setembro e já permitiu percorrer mais de 5.000 km. Todos os interessados poderão experimentar e conhecer o projeto no início de novembro.

Já conhece o "Gira. Bicicletas de Lisboa”? Se ainda não teve oportunidade de testar a rede de bicicletas públicas partilhadas de Lisboa, a EMEL – Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa convida todos os interessados a fazê-lo no Hub Criativo do Beato (HCB), entre os dias 6 e 9 de novembro.

No âmbito do evento Web Summit 2017 em Lisboa, a Câmara Municipal de Lisboa em parceria com a Startup Lisboa e a Startup Portugal apresentam uma iniciativa conjunta, aberta ao público, com uma programação diversificada de eventos, conferências, exposições, e workshops.

A EMEL associa-se a esta iniciativa e terá à disposição uma estação exterior de testdrive com 10 bicicletas da rede "Gira”, possibilitando aos visitantes uma experiência completa do sistema: download da aplicação "Gira”, registo no sistema e, por fim, a utilização das bicicletas.

Durante o evento todos os participantes terão ainda a oportunidade de visitar o stand da "Gira.Bicicletas de Lisboa” no interior do HCB, pedalar nas duas bicicletas disponíveis para o efeito e ver o seu esforço recompensado com a oferta de um brinde.

A rede de bicicletas públicas partilhadas de Lisboa está aberta ao público desde 19 de setembro. Durante o primeiro mês de exploração da rede foram realizadas mais de 6 mil viagens nas 100 bicicletas já disponíveis no Parque das Nações. Foram ainda subscritos 860 passes, que permitiram aos utilizadores percorrer mais de 5.000 km.

O serviço Gira tem três modalidades de adesão: o Passe Anual (25€) e o Passe Mensal (15€), destinado exclusivamente a residentes em Portugal, e o Passe Diário com um custo de 10€. A estes valores de subscrição do serviço acrescem as tarifas de utilização que têm como objetivo promover a utilização do sistema para viagens pendulares (casa-trabalho ou casa-escola), tipicamente de curta duração, por oposição às viagens de lazer.

Como forma de premiar os primeiros aderentes ao serviço, a data de validade do Passe Anual para quem adira ao serviço até ao final do ano 2017 (independentemente da data de adesão), será estendida até ao final de 2018.

A rede "Gira” já está disponível em 10 estações na zona do Parque das Nações. Prevê-se o alargamento deste serviço nas zonas de Alvalade e das Avenidas Novas nas próximas semanas.

 

Link Relacionado: Para mais informações