02/01/2014

Emel vai testar solução para Dístico a implementar na UE

• Lisboa, Madrid, Parma e uma cidade a definir vão testar soluções para modernizar os Dísticos para pessoas com deficiência na EU
• Emel integra Consorcio Simon e implementará testes em Lisboa



A EMEL - Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa e.m., s.a., integra o consorcio europeu que testará soluções para modernizar os Dísticos de cidadão com deficiência.

Os principais desafios definidos pela Comissão Europeia estão relacionados com:
-  Proposta de soluções multimodais de navegação específica para idosos e pessoas com deficiência.
-  Redução de fraudes no estacionamento público, relacionada com a utilização do Dístico de estacionamento para pessoas com deficiência na União Europeia;

O projecto SIMON pretende modernizar o Dístico de estacionamento para pessoas com deficiência na União Europeia com vista a implementar um dístico único em toda a EU, estando prevista a introdução de tecnologia RFID (Radio-Frequency IDentification) e integração de soluções móveis (PDA e Smartphones) para apoiar a identificação de usuários, no estacionamento público, garantido a preservação da privacidade.

O teste em Lisboa será desenvolvido pela Emel e passará pela colocação e posterior monitorização de um tag comunicador (NFC) adaptado aos actuais cartões de estacionamento para pessoas com deficiência. A participação da Emel a convite da Etra, resulta da anterior participação da Emel em diferentes projectos europeus e da constituição de um grupo interno de trabalho "Emel mobilidade Reduzida”, que tem como um dos seus objectivos procurar soluções e promover melhorias na área da mobilidade reduzida e da responsabilidade social.

Para Vanda Nunes, Administradora da Emel, "Esta nossa candidatura bem sucedida ao projecto Simon, para além do efectivo apoio financeiro, é um estimulo e mais um passo no trabalho que a Emel está a desenvolver, com outras acções, no âmbito de um projecto de Mobilidade Inclusiva. Trata-se de uma parceria que Lisboa concretizará com outras Cidades Europeias com o objectivo de encontrar soluções concretas e inovadoras que melhorem a capacidade de movimentação das pessoas na Cidade."

Mais informações sobre o Projecto Simon
O consorcio Simon - asSIsted MobIlity for Older aNd impaired users foi o projecto seleccionado pela Comissão Europeia no âmbito do 7º Programa Quadro da Comissão Europeia para realizar este teste. O projecto Simon é coordenado pela empresa tecnológica Espanhola ETRA (ES) e tem como principais parceiros o Ayuntamiento de Madrid (ES), o Consorcio Regional de Transportes de Madrid (ES), a Locoslab GMBH (DE), o Instituto de Biomecânica de Valência (ES), a Infomobility SPA (IT) e a EMEL que são apoiados por entidades como a POLIS – European Cities and Regions Networking for Innovative Transport Solutions, EPA - European Parking Association, a Câmara Municipal de Lisboa e a ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.