Acção EMEL

A mobilidade em área urbanas tem vindo a constituir um tema central no debate em toda a Europa.

Mais de 60% da população vive em zonas urbanas e quase 85% do produto interno bruto da União Europeia é criado nas áreas urbanas, que se constituem como motores da economia europeia, atraindo investimento e emprego, indispensáveis para o seu dinamismo e crescimento.
O aumento do tráfego automóvel no centro das cidades conduz a um fenómeno de perda de qualidade de vida dos cidadãos, com inúmeras e nefastas consequências, em termos de, tempo perdido, poluição atmosférica, falta de acessibilidade e a condições de vida menos justas e democráticas.

A EMEL, tendo como missão o planeamento, gestão, exploração e manutenção do estacionamento público em Lisboa, a mobilidade e a consequente optimização da acessibilidade urbana, tem a oportunidade única de influenciar comportamentos sociais e individuais, preservando o correcto ordenamento do território, a equidade social, a economia urbana e a sua sustentabilidade da cidade.

Para nós, projectar mobilidade urbana passa por:

  • Elaborar politicas públicas para a sustentabilidade, traduzindo-se em acções integradas a nível local, regional e nacional. Fixando metas concretas de resultados e horizontes temporais para aferir dos resultados alcançados;
  • Uma optimização ao nível da organização e da utilização de todos os meios de transporte colectivo e individual (automóvel, motorizada, bicicleta, e deslocações a pé);
  • Pela prossecução de objectivos comuns de prosperidade económica, de gestão na procura e de utilização dos transportes como garantia de melhor mobilidade, melhor qualidade de vida e mais defesa do ambiente. Há igualmente que conciliar os interesses dos transportes de mercadorias e de passageiros, como um todo.
O desafio do desenvolvimento sustentável cabe a todos e, neste sentido, é também necessário promover a participação da Sociedade Civil, como responsável pelas decisões tomadas nas cidades.

Conciliar o desenvolvimento económico das cidades e a acessibilidade com a melhoria da qualidade de vida e com a defesa do ambiente, implica um esforço conjunto para permitir o incentivo à procura de soluções inovadoras e ambiciosas em matéria de ambiente sustentável, transportes urbanos, permitindo-nos usufruir de cidades menos poluídas e mais acessíveis, onde o tráfego e pessoas fluam mais livremente, e aqui a EMEL tem uma Agenda: mais mobilidade, melhor cidade.

Praça do Comércio nos dias de hoje

Praça do Comércio nos dias de hoje

Praça do Comércio nos anos 70

Praça do Comércio nos anos 70 - Fonte: EMEL